Por mais que você possa odiar o seu emprego, às vezes sair dele não é uma boa. São vários os motivos, desde o mercado difícil na área, o salário bem considerável ou a necessidade de se ter uma renda fixa.

Para quem está nessa situação, o expediente pode ser uma verdadeira tortura: o tempo demora a passar mesmo com você encarando o relógio a cada minuto, até as tarefas mais simples são um parto para sair e a animação após uma pequena pausa fica longe de ser a mesma do início do dia.

Abaixo, selecionamos algumas dicas de sites que ajudam você a suportar a rotina por mais algum tempo, até que o seu pensamento mude, a demissão chegue ou a troca de emprego torne-se uma opção palpável.

1. Lazer dentro e fora do serviço

Esvaziar a cabeça é essencial para que você supere um dia após o outro. Por isso, não deixe de se divertir ou relaxar após ou durante um longo dia de serviço. Aceite convites ou organize um happy hour. Se for direto para casa, assista a um filme ou jogue alguma coisa. Dentro das empresas, caso elas disponibilizem tempo e possibilidades, aproveite salas de descanso e eventuais opções de lazer.

2. Tenha minimetas

Várias companhias já possuem metas mensais ou anuais e objetivos bem definidos. Porém, você mesmo pode se reorganizar para cumprir o esperado de uma forma diferente. De início, estabeleça minimetas semanais — nem que elas sejam de fácil alcance, como escrever um número "X" de relatórios ou realizar "Y" vendas. Assim como nos games, pequenas vitórias possuem um efeito positivo no cérebro e dão uma sensação de recompensa ou satisfação que podem ser necessárias para você melhorar o clima no escritório.

3. Tire um tempo para você

Você sempre acaba a tarefa do dia no último minuto do expediente, precisa fazer horas extras direto e não arranja tempo nem para ir ao banheiro? Esse tipo de sobrecarga não é nada benéfico e transforma o serviço em um fardo. Uma das políticas empresariais da Google é que 20% do seu tempo deve ser dedicado a projetos paralelos da empresa. Você pode pensar em algo parecido.

4. Aprenda coisas novas

Essa também vale para dentro ou fora do ambiente profissional. Faça aulas que tenham ou não a ver com a sua profissão e aumente seu conhecimento em uma determinada área. Você pode ganhar mais ânimo, desenvolver habilidades ou até otimizar seu tempo de serviço, dependendo do que escolher fazer.

5. Estabeleça um norte

Qual é o motivo de você estar no trabalho neste exato momento da sua vida? Ter uma perspectiva de futuro é essencial para que o emprego se torne tolerável, talvez até a longo prazo. Procure focar nos pontos positivos, nos planos para as férias, no que você vai fazer com o salário além de pagar as contas.

6. Seja menos negativo

Bastante relacionado com o ponto acima. Por mais que a situação no serviço não esteja tão incrível e que seja divertido o sistema "rir para não chorar", os benefícios a longo prazo não valem a pena. Sua auto-estima abaixa consideravelmente se você apenas pensar ou falar sobre os pontos negativos — e esse comportamento pode até se disseminar para colegas que não pensavam como você. Caso isso seja externalizado até demais, pode chegar até a chefia, que não vai gostar nada dessas reações.