A crise econômica é algo que preocupa todos os brasileiros, mas isso não significa que você não poderá alcançar o sucesso profissional no ano que acabou de começar. Existem várias áreas que, certamente, terão uma alta demanda de emprego ao longo de 2016, e pessoas capacitadas em tais setores não terão dificuldades para encontrar uma vaga no mercado de trabalho.

Um desses segmentos, como você já deve ter adivinhado, é o de TI, que mantém o crescimento visto nos anos passados. Sendo mais específico, especialistas em aplicativos e pagamentos móveis se darão bem ao longo dos próximos anos – afinal, todo mundo sabe que os smartphones, wearables e outros gadgets portáteis serão a plataforma do futuro, com o desktop sofrendo um lento declínio.

Outra área promissora é a de marketing, com enfoque na vertente digital. Quem conseguir integrar com sucesso as estratégias de comunicação online e offline de uma empresa será valorizado pelo mercado. Se você já atua nesse ramo há bastante tempo, vale a pena procurar cursos e complementar seu currículo com novas disciplinas exigidas no mercado.

Os seguintes segmentos também vão se destacar em 2016: recursos humanos (com foco nos educadores financeiros e especialistas em coaching), vendas (que possuem um desafio fora do comum com a atual situação financeira do país), finanças, manutenção de máquinas e equipamentos (com a crise, as pessoas compram menos e consertam mais), segurança da informação (moramos no país mais perigoso em termos de fraudes bancárias, lembra?), medicina e advocacia.