O currículo é uma das formas mais importantes de se "vender" um candidato — e não basta colocar várias folhas com cursos e habilidades que você eventualmente possui. Talvez mais importante que isso seja o visual e a organização do próprio documento.

O site StumbleUpon reuniu uma série de modelos de currículos e, com certeza, um deles é perfeito para você. Confira abaixo a seleção de temas, todos gratuitos.

E vale lembrar que é importante conhecer o estilo da empresa. Algumas apostam mais na criatividade e podem ser surpreendidas com modelos menos convencionais, que indicam que o futuro funcionário pensa além do óbvio até na hora de buscar emprego. Em outras, é melhor apostar no conteúdo e entregar um modelo  básico.

1. Minimalista

Esse modelo preza pela simplicidade não no design, que é bem montado e organizado, mas sim em conteúdo. O objetivo é ter o mínimo de texto possível: as habilidades são marcadas por barras, os interesses são imagens, e até o domínio de idiomas é mostrado em forma de gráfico. Baixe aqui.

2. Simples e monocromático

Uma versão mais básica que o modelo anterior, apostando somente no preto e branco. Ícones classificam hobbies e interesses do candidato. Esse modelo não possui espaço para foto — e é recomendado que você não coloque uma se não houver exigência prévia da empresa. Confira neste link.

3. Limpo e interativo

Colorido e bem diagramado, esse modelo é mais indicado para quando você precisa enviar o currículo por meios digitais, como via email. Ele tem como diferencial a presença de ícones que podem conter hiperlinks para redes sociais e portfólio. Confira e faça o download.

4. Currículo + carta na capa

Você pode preferir esse modelo, que é dividido em duas partes. Na capa, uma carta que você pode redigir como se fosse uma introdução, avisando sobre o envio do documento ou já começando a própria apresentação. Na seção seguinte, o currículo em si, de forma bastante resumida e com ícones e barras para indicar habilidades e interesses. Veja e baixe o arquivo.

Instalação

Os arquivos normalmente contam com modelos em diferentes formatos e fontes. Se o documento estiver com a extensão AI, o Adobe Photoshop (ou variantes) é o mais indicado para modificá-lo. Não se assuste: não é preciso ser mestre nesses programas para realizar um bom trabalho e, às vezes, só colocar seu texto no modelo já é o suficiente.

Já a fonte deve ser arrastada para a pasta Meu Computador > Disco Local (C: ou variável) > Windows > Fonts. Após isso, ela estará disponível nos seus editores de texto.