Em períodos de crise, muitas pessoas buscam uma forma alternativa de complementar a renda e até mesmo de ganhar uma grana mudando sua atividade principal. Para que isso dê certo, entretanto, é preciso ter um pouco de ousadia e muitas vezes arriscar em um campo que parece bobo – e foi exatamente isso que aconteceu com o empresário Daniel Delgado, fundador da Doutores do Excel.

Deixando para trás o sonho de viver de música, Delgado usou o tempo em que trabalhou na livraria Cultura para estudar e dar aula particular de Excel. A princípio, isso era visto como uma segunda forma de ter um rendimento, mas apostou ainda mais nessa vertente ao ver que poucas pessoas sabiam extrair o que o programa poderia oferecer.

Em 2011, ele decidiu dar um passo mais longo nessa empreitada e abrir a Doutores do Excel, que tinha como objetivo ir além do que muitos cursos faziam e mostrar que o software possui um potencial que vai além do que as escolas ensinam. Isso fez com que a sua empresa explorasse esse lado “obscuro” da ferramenta, e aparentemente está dando certo: no ano passado, Delgado faturou R$ 512 mil e a companhia teve um crescimento de 62% em comparação com o ano anterior (quando obteve R$ 316 mil).

Caso esteja interessado em conferir o que o curso oferece, basta acessar este link. Por lá, é possível contratar os serviços para empresas, pessoas ou recorrer à opção de aulas a distância, e todos os preços estão indicados no campo em que cada modalidade é apresentada.

***

E aí, curtiu o conteúdo? Sabia que você pode comprar o Office 365 e baixar na hora na loja oficial da Microsoft? Clique aqui e conheça já a Microsoft Store