O bilionário mexicano Jeffery Hildebrand, dono da Hilcorp, companhia de petróleo de capital fechado dos EUA, vai dar um bônus de US$ 100 mil (cerca de R$ 390 mil) a cada um dos seus quase 1,4 mil funcionários. O ato generoso é uma tradição do empresário e se estende a todos os empregados da empresa, sem distinção entre os cargos exercidos – em 2010, cada trabalhador pôde escolher entre embolsar US$ 35 mil (R$ 136 mil) ou ganhar as chaves de um carro no valor de US$ 50 mil (R$ 195 mil).

O Natal gordo dos colaboradores da casa se dá em função dos resultados registrados pela Hilcorp: mesmo com a crise pela qual passa o setor petrolífero, a produção de barris do combustível fóssil bruto praticamente dobrou e subiu para 150 mil diários. Estima-se que mais de US$ 100 milhões serão desembolsados por Hidebrand em sua “solidária” ação – o histórico dos últimos cinco anos do empregado será também considerado, o que pode render um bônus ainda mais generoso.

O presente de final de ano foi a solução encontrada pelo bilionário para inspirar seus empregados, conforme reconhece Amanda Thompson, recepcionista da Hilcorp. “É apenas um presente verdadeiro, e acho que eu, assim como qualquer outro funcionário, não vou trabalhar menos que 100% todo dia”, disse a funcionária ao Fox 4 News. A fortuna de Hildebrand está avaliada em US$ 5,9 bilhões (R$ 23,1 bilhões), segundo a última contagem feita pela Forbes.

...

Até quanto você pretende gastar em presentes de Natal para a família? Comente no Fórum do TecMundo